quarta-feira, 18 de julho de 2018

O falso espírito

Hoje em dia muitos pregadores (por ignorância, por terem aprendido errado ou até mesmo propositalmente, infelizmente) tem distorcido o real significado da palavra "malícia", aplicando-a exclusivamente ao povo, a fim de evitar através da culpa e do medo, que as pessoas pensem, analisem ou questionem doutrinas, direções e ensinamentos errados e perceptivelmente carnais através da legítima comparação com a Bíblia Sagrada (que deve ser nossa única regra de fé e prática).

A intenção dos verdadeiros maliciosos que se valem da Palavra é fazer com que as pessoas fiquem presas a um falso sistema religioso, obedecendo absolutamente tudo cegamente.

Na contra-mão de tudo isso temos a própria Bíblia nos orientando a pesar ou provar (analisar, comparar) os espíritos (intenções e direções) para não sermos enganados.

A Palavra de Deus é a gritante e cristalina  verdade que deve guiar a trajetória do cristão. Deus deixou sua Palavra para que tivéssemos instrução, clareza e conhecimento do mundo espiritual. Para fazermos Sua vontade a fim de sermos salvos e para nos desviarmos dos enganos, das mentiras que parecem verdade.

"Jesus dizia, pois, aos judeus que criam nele: Se vós permanecerdes na minha palavra, verdadeiramente sereis meus discípulos; E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará." João 8:31:32

Preste atenção nisso:

"Amados, NÃO CREIAS a todo o espírito, mas PROVAI SE os espíritos são de Deus, porque já muitos falsos profetas se têm levantado no mundo." 1 João 4:1

Se na carta de João existe essa recomendação e advertência aos cristãos é porquê naquela época já haviam as deturpações. Quanto mais em nossos dias haja vista que o mundo avança em perdição? Podemos ver claramente que elas (as deturpações) se aperfeiçoaram de um modo assombroso e podem se infiltrar no meio do povo de Deus...

Portanto não tenha medo de analisar todo ensinamento à luz das Escrituras e prontamente rejeitá-lo para sua vida espiritual caso encontre desarmonia, colisão, discrepância.

Como disse Pedro e os apóstolos aos religiosos... "Mais importa obedecer a Deus do que aos homens." Atos 5:29

Pese os espíritos, analise, compare. Sem medo. Quem te dá todo apoio para isso é nada mais, nada menos, que a Palavra de um Deus que é a própria Verdade e que quer que você caminhe na Verdade e não em maligno engano.

Estenda sua vida com Deus para além das quatro paredes de um templo. Leia, pratique e medite na Bíblia. Assim o Espírito Santo te dará cada vez mais discernimento. E você ficará imune aos enganos.

"Sai dela, povo meu, para que não sejas participante dos seus pecados, e para que não incorras nas suas pragas." Apocalipse 18:4

"Se, pois, o Filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres." João 8:36

quarta-feira, 11 de julho de 2018

Como reagir diante das perseguições?

"Também os que buscam a minha vida me armam laços e os que procuram o meu mal falam coisas que danificam, e imaginam astúcias todo o dia. Mas eu, como surdo, não ouvia, e era como mudo, que não abre a boca. Assim eu sou como homem que não ouve, e em cuja boca não há reprovação. Porque em ti, Senhor, espero; tu, Senhor meu Deus, me ouvirás." Salmos 38:12-15

A Bíblia não nos incentiva a sermos tapados e deixarmos de buscar nossos direitos. Mas tem situações que o cristão precisa se calar para deixar Deus agir. Exatamente isso!

Quando colocamos nossos ouvidos no que as pessoas ao nosso redor, inflamadas pelo mal, estão falando sobre nós, vivemos em função delas e corremos o risco de perdermos a visão de Jesus. Isso por que no calor da emoção passamos a desejar e a dizer, sobre elas, palavras de nossa carne, palavras e reações reprováveis diante de Deus; e acabamos nos prejudicando pela falta de sabedoria.

Reaja no espírito! Dobrar os joelhos, clamar a Deus e esperar nEle com toda esperança é a melhor forma de reação - apesar desta, quando aplicada, ser vista pelo mundo como "frouxidão".

Nestas ocasiões fazer das orações um momento de pedir a Deus o mal alheio também está no mesmo pé de igualdade da situação de bater boca, e agir na força do próprio braço. Nada melhor do que pedir misericórdia ao Senhor, sabedoria e condução diante da situação além da quebra de toda influência maligna.

A ira temporária (no sentido de indignação) é natural diante das perseguições, calúnias e injustiças, mas deixar que ela se prolongue e ocupe espaço definitivo no coração é abrir caminho para a ação do diabo:

"Irai-vos, e não pequeis; não se ponha o sol sobre a vossa ira. Não deis lugar ao diabo." Efésios 4:26-27

Como exemplo, na Cruz, o próprio Senhor Jesus perante seus algozes disse (Lucas 23:34): "Pai, perdoa-lhes, porque não sabem o que fazem."

Detalhe: Jesus logo anteriormente tinha recebido cusparada e golpes de cana na cabeça.

Além disso ainda está escrito em Tiago 1:20: "Porque a ira do homem não opera a justiça de Deus".

Medite ainda na reação de Jesus quando foi duramente pressionado por Pilatos (Marcos 15:2-5).

Esta recomendação do apóstolo Paulo nos remete a constante auto análise:

"Portanto, vede prudentemente como andais, não como néscios, mas como sábios." Efésios 5:15

Sabemos que apesar de cristãos temos falhas de reações perante situações em que somos confrontados mas o desejo de Deus é que dia após dia estejamos mais parecidos com Ele e menos parecidos com o mundo.

Que Deus te abençoe, te dê sabedoria e discernimento para lutar com as armas da fé, afinal... "não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais." Efésios 6:12

quarta-feira, 4 de julho de 2018

Seja fiel até a morte

Resultado de imagem para coroa da vidaNão é pelo fato de termos tomado a decisão de seguir a Cristo que devemos cruzar nossos braços a partir de então. Pelo contrário!

A vigilância redobrada é uma necessidade na vida do seguidor de Jesus.

Se não fosse assim o próprio Senhor Jesus não teria dito:

"Entrai pela porta estreita; porque larga é a porta, e espaçoso o caminho que conduz à perdição, e muitos são os que entram por ela; E porque estreita é a porta, e apertado o caminho que leva à vida, e poucos há que a encontrem." Mateus 7:13,14

Sem que a gente perceba, no decorrer do tempo vamos aderindo uma infinidade de hábitos, manias, ações e comportamentos que não tem nada a ver com Jesus e vamos nos distanciando dEle. É preciso termos sensibilidade espiritual, humildade e autoanálise para percebermos isso tomando atitudes diárias de deixar para trás tudo aquilo que não edifica nossa fé, que não nos eleva ao Altíssimo, que põe em perigo nossa Salvação.

Precisamos andar em vigilância para não cairmos em decadência espiritual:

Sois vós tão insensatos que, tendo começado pelo Espírito, acabeis agora pela carne? Gálatas 3:3

A coroa da vida será dada aos que permanecerem até o fim. Aos que abraçaram a fé em Jesus e que por amor a Ele, rejeitaram tudo o que o mundo e sua própria carne ofereceu:

Sê fiel até à morte, e dar-te-ei a coroa da vida. Apocalipse 2:10

quarta-feira, 27 de junho de 2018

Batalhe pela sua fé!

Num mundo onde existem fiéis, infiéis e "fiéis" quanto a fé, cabe aos fiéis a conservação de uma vida espiritual íntegra perante Deus.

Judas (irmão de Tiago), inspirado pelo Espírito Santo em sua carta, nos faz sérias orientações quanto a trilha no Caminho estreito mesmo que muitos ao nosso redor queira caminhar no largo.

Veja este trecho (Judas, versos 17 ao 21):

"Mas vós, amados, lembrai-vos das palavras que vos foram preditas pelos apóstolos de nosso Senhor Jesus Cristo; Os quais vos diziam que nos últimos tempos haveria escarnecedores que andariam segundo as suas ímpias concupiscências. Estes são os que a si mesmos se separam, sensuais, que não têm o Espírito. Mas vós, amados, edificando-vos a vós mesmos sobre a vossa santíssima fé, orando no Espírito Santo, conservai-vos a vós mesmos no amor de Deus, esperando a misericórdia de nosso Senhor Jesus Cristo para a vida eterna."

Os escarnecedores vivem por si mesmos (se separam). São guiados pelos próprios desejos (pelo coração). Priorizam a carne em detrimento do Espírito. Exatamente por isso militam contra o Espírito.

Não haveria a recomendação de nos conservamos se não houvesse necessidade. Essa necessidade é real!
Quem não se conserva, quem não anda em vigilância, acaba se corrompendo junto aos escarnecedores... Junto aos que fazem dissolução da Graça de Deus... E se apartam da Salvação - o bem mais precioso!

Não se deixe guiar pelos tais. A própria carta diz que essas pessoas são tão cheias de imundícia, que as espumam... Ou seja não tem nada para oferecer a não ser porcarias... lixo espiritual, moral, ético e comportamental...

Se permita ser guiado unicamente por Cristo.

Não ande disperso espiritualmente!

Batalhe pela sua fé! Se conserve no centro da vontade de Deus! Não deixe seus olhos brilharem com o falso encanto do mundo.

Leia todo o capítulo (único) da carta de Judas e medite por si só à respeito.

Deus abençoe.

quarta-feira, 20 de junho de 2018

Vai e não peques mais

Resultado de imagem para pecado

É tendência humana e carnal guardarmos silêncio perante Deus quando pecamos.

Podemos notar isso claramente através do exemplo de Adão e Eva, que se esconderam do Criador após caírem na sedução do diabo.

"E ouviram a voz do Senhor Deus, que passeava no jardim pela viração do dia; e esconderam-se Adão e sua mulher da presença do Senhor Deus, entre as árvores do jardim." Gênesis 3:8

O fato de guardarmos pecados (não os levando a Deus) só nos prejudica ainda mais; tanto espiritualmente quanto fisicamente (daí podem surgir depressões e até doenças crônicas como câncer). Um relato de Davi nos faz ter ideia disso:

"Quando eu guardei silêncio, envelheceram os meus ossos pelo meu bramido em todo o dia." Salmos 32:3

Esconder os pecados do Senhor é como estar morrendo de fome e se esconder do alimento. É como estar sujo maltratado e despido, e correr do Único que poderá lavar, tratar e dar vestes dignas a alma.

O mesmo Davi que relatou reflexos físicos de seu estado espiritual levou o seu pecado ao Senhor, se humilhou, se arrependeu. E encontrou redenção do Pai:

"Confessei-te o meu pecado, e a minha maldade não encobri. Dizia eu: Confessarei ao Senhor as minhas transgressões; e tu perdoaste a maldade do meu pecado." Salmos 32:5

O fato de escondermos nossas transgressões do Único que pode nos perdoar, nos concedendo por Sua Graça nova chance para prosseguir de maneira correta é correr da própria Vida. Uma vida espiritualmente próspera é derramada sobre aquele que não oculta seus erros perante o Pai e se arrepende de fato:

"O que encobre as suas transgressões nunca prosperará, mas o que as confessa e deixa, alcançará misericórdia." Provérbios 28:13

NÃO importa o que seja! Desde que haja verdadeiro arrependimento, sinceridade e disposição de se largar o erro, o perdão pode ser encontrado através do sangue precioso de Jesus. Isso não resulta, claro, na suspensão de penalidades civis a depender do que seja (como o homicídio por exemplo). Mas o perdão, a paz, o refrigério, a mão estendida, o abraço de Jesus e sua voz dizendo (como disse a mulher adúltera): "Nem eu também te condeno; vai-te, e não peques mais." João 8:11

Se você está vivendo dias e tempos de profundas angústias e até depressão por causa de coisas acumuladas, pecados, dentro de você - corra à Cristo! Deixa todo o pecado! Hoje, AGORA! É chance de você deixar este peso, trocar este fardo pelo fardo leve que o Senhor está propondo... Não adianta nada seguir a vida se culpando pelo passado. Jesus quer escrever uma nova história a partir de agora.

O diabo acusa. Jesus perdoa, sustenta e purifica os que a Ele se humilham!

A confissão à Deus e o arrependimento são as ferramentas que nos liberta dos grilhões espirituais e físicos do pecado sejam eles quais forem. Somente Ele tem o poder de renovar e restaurar uma alma abatida pela transgressão.

"Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados, e nos purificar de toda a injustiça." 1 João 1:9

O Senhor Jesus Cristo é o nosso Advogado perante Deus: "...se alguém pecar, temos um Advogado para com o Pai, Jesus Cristo, o justo." 1 João 2:1

Agarre esta rica Defesa, gratuita e divina. Sim... é de Graça!!!

Não se deixe levar pelo exemplo errado de Adão e Eva. Não se esconda. Tenha a coragem, humildade e disposição de Davi. Se apresente perante Deus e alcance a Solução de alma.

E não se esqueça: "Sê fiel até à morte, e dar-te-ei a coroa da vida." Apocalipse 2:10

Ouça:


segunda-feira, 18 de junho de 2018

Não se ensorbebeça

Não ache que já sabe tudo. Às vezes ouvir o que já sabemos é a forma que Deus usa para nos chamar atenção, edificar, advertir, livrar ou orientar. Seja humilde. Absorva as orientações do Senhor por meio de Sua Palavra.

"Portanto, convém-nos atentar com mais diligência para as coisas que já temos ouvido, para que em tempo algum nos desviemos delas." Hebreus 2:1

quarta-feira, 13 de junho de 2018

Deus requer de nós COMPROMISSO!

Na igreja primitiva as dificuldades e percalços enfrentados pelos cristãos sinceros e firmados na Palavra eram questões que os ajudavam a se apegarem ainda mais a fé.

Paulo e Barnabé, por exemplo, após serem perseguidos e praticamente linchados devido a pregação da Palavra se sentiram PRIVILEGIADOS por sofrerem afrontas pelo Nome do Senhor Jesus (Atos 14:19-22). E ainda por cima fortaleciam os demais cristãos orientando-os a permanecer na presença de Cristo, não se importando com as aflições.

Quanto mais eram perseguidos mais se OUSAVAM (Atos 14:2-4).

Hoje em dia por muito menos, muitos ditos "cristãos" acabam se envergonhando. Se estremecem diante dos apedrejamentos vindos daqueles guiados pelo mundo e da sociedade em geral. E cedem a pressões...

Se envergonham de assumir posições (consoantes à Palavra que dizem conhecer e crer) com medo do que as demais pessoas irão achar. E para isso levantam a bandeira do "não é bem assim" para rebater a vontade de Deus em suas vidas.

"Não é bem assim"... e aderem ao sexo antes do casamento.

"Não é bem assim"... e resolvem não perdoar.

"Não é bem assim"... e são descompromissadas no trabalho dando testemunho VERGONHOSO.

"Não é bem assim"... e mantém um comportamento na igreja e outro nos demais lugares.

"Não é bem assim"... e traem.

"Não é bem assim"... e preferem seguir as enganosas emoções do corrupto coração do que a fé prática e inteligente sustentada na Palavra.

"Não é bem assim"... e deturpam a Palavra o quanto podem para fazê-La submissa aos seus pecados.

Uma questão há de ficar clara: uma coisa são pessoas que estão dando os primeiros passos na fé, que estão engatinhando, que estão no processo de conversão. Outra coisa bem diferente são pessoas que já possuem todo o conhecimento do que é errado e do que é certo e continuam DESCARADAMENTE na prática do erro - atraindo para si mesmas condenação.

Quando levantamos a bandeira do "não é bem assim" automaticamente ficamos na contramão do "Assim diz o Senhor" (da Palavra). Não tem meio termo, não tem como fugir.

A vida cristã não é um parque de diversões! Aos que brincam com o Evangelho (não importa quem seja ou o título que ocupe na igreja) haverá um sonoro "NÃO É BEM ASSIM" da parte do próprio Senhor Jesus!!! Não entrarão na Glória Eterna!!!

"Apartai-vos de mim, malditos, para o fogo eterno, preparado para o diabo e seus anjos." Mateus 25:41

FATO NÚMERO 1: A porta da GRAÇA está aberta! É tempo de arrependimento, de misericórdia! De nova vida! Mas não podemos usar disso para vivermos deliberadamente uma vida dupla.

FATO NÚMERO 2: Mas essa porta não ficará aberta para sempre. Está se fechando. O tempo do JUÍZO (do acerto de contas final) se aproxima.

Deus assumiu um compromisso que a humanidade não merecia. Ele enviou o Senhor Jesus para salvá-la Graciosamente. É necessário, porém, que também haja um verdadeiro compromisso de nossa parte para com Ele.

Como os sinceros e comprometidos cristãos do início da Igreja não podemos permitir que os temores e apedrejamentos do mundo nos atemorize, nos domine e comprometa nossa Salvação.

Afinal é como disse o apóstolo Paulo (inspirado pelo Espirito Santo)... "Porque para mim o viver é Cristo, e o morrer é ganho (lucro)." Filipenses 1:21

Precisamos rever o conceito da palavra COMPROMISSO, compromisso que vai além da vida.

Medite em Atos 14 e preste atenção na letra deste louvor: