domingo, 28 de junho de 2015

Frutos dignos de arrependimento

"Produzi, pois, frutos dignos de arrependimento,
e não queirais dizer dentro de vós mesmos: Temos por pai a Abraão".
Mateus, 3:8-9


Muitos buscam referências, algo para justificar ou até mesmo comprovar que são realmente de Deus.

Como ser filho (servo) de Deus se nutrimos dentro de nós algo que vai contra a vontade do Senhor?

Os fariseus (hipócritas) agiam desta forma. Diziam que eram filhos de Abraão mesmo nutrindo intensamente suas nefastas hipocrisias. Não é o que ocorre hoje? Tantos "fiéis" com a "fé" deteriorada, se "arrependem" - da boca pra fora - e dizem de peito estufado que são filhos de Deus e que pertencem a igreja A, B ou C. Deus quer que saiamos da mediocridade. De uma religiosidade que pra nada serve. Mudança (um dos frutos que demonstram verdadeiramente um arrependimento sincero) é o que Ele tem buscado. É do que Ele se agrada, amigo leitor.

Se não houver mudança de caráter, de postura e de vida. De nada adianta sua fé e seus "arrependimentos"...

Pense nisso.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...