domingo, 9 de fevereiro de 2014

Intimidade e confiança em Deus

Com a minha voz clamei ao SENHOR; com a minha voz supliquei ao SENHOR.
Derramei a minha queixa perante a sua face; expus-lhe a minha angústia.
Salmos 142:1-2


Quando falamos algo de cunho pessoal a alguém, é porque aquele alguém tem a nossa confiança. De uma maneira ou de outra você deposita naquela pessoa a fé (certeza) de que ela não irá expor aquilo para outra. Só que isso não basta para que nossos problemas sejam resolvidos. O máximo benefício com essa prática é o mero e momentâneo alívio.

Voz é expressão. E por mais que Deus saiba o que estamos passando, o que Ele quer é diálogo, relacionamento, comunhão. Não é Ele o Amigo verdadeiro?

Esse é um convite a você, amigo(a) leitor(a). Como Davi, abra a boca, fale, exponha o que você tem passado, suas fraquezas, pecados, necessidades e debilidades perante o Senhor. Ele quer ouvir! Faça sua parte, e Deus fará a Dele. Ele não só ouve como também RESOLVE, dando nova vida, novo rumo, nova direção à seguir.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...