domingo, 29 de outubro de 2017

Em quem você vai acreditar? E como está se preparando?

Resultado de imagem para acreditar deusFoi o próprio Senhor Jesus que declarou:

“Então aparecerá no céu o sinal do Filho do homem; e todas as tribos da terra se lamentarão, e verão o Filho do homem, vindo sobre as nuvens do céu, com poder e grande glória”. Mateus 24:30,31

“O céu e a terra passarão, mas as minhas palavras não hão de passar”. Mateus 24:35

Essas palavras são verdadeiras. Vindas e asseguradas pelo próprio Jesus! E deveriam inspirar o nosso máximo cuidado no preparo e santificação de nossa alma.

Tudo o que colide frontalmente com a Palavra tem inspiração demoníaca. O discurso que prega duvida sobre a volta do Senhor Jesus é um discurso enganador; preparado e inspirado pelo próprio diabo para tragar a maior quantidade possível de almas. Tem muita gente sendo enganada achando cegamente que Jesus não voltará um dia e que esta promessa não passa de fábula, religião, coisa de igreja ou invencionice humana.

Não seria este também um pretexto perfeito para uma vida dissoluta de acordo com a cartilha da carne e do mundo? Eis a questão...

O apóstolo Pedro inspirado pelo Espírito Santo nos adverte a não darmos crédito à voz dos que andam conforme a carne, que falam sob inspiração da carne e dos seus desejos:

“Sabendo primeiro isto, que nos últimos dias virão escarnecedores, andando segundo as suas próprias concupiscências, e dizendo: Onde está a promessa da sua vinda? porque desde que os pais dormiram, todas as coisas da criação permanecem como desde o princípio.” 2 Pedro 3:3,4

A própria Palavra de Deus responde a esta questão. E revela o motivo da alegada “demora”:

“O Senhor não retarda a sua promessa, ainda que alguns a têm por tardia; mas é longânimo para conosco, não querendo que alguns se percam, senão que todos venham a arrepender-se.” II Pedro 3:9

Isso não significa literalmente que toda a humanidade terá que se converter para que Jesus volte. Afinal sabemos que muito embora o desejo de Deus seja de que todos se arrependam e sejam salvos, muita gente infelizmente está decidida a não aceitar esta dádiva. A “demora” da volta do Senhor reflete na verdade Sua misericórdia sobre aqueles que ainda possuem sensibilidade a Sua Voz e que darão passos de fé rumo a Salvação de suas almas, mas que por algum motivo (geralmente dureza, ignorância espiritual corrigível ou pela falta da revelação do Evangelho) ainda resistem temporariamente.

Contudo não devemos dar credibilidade aos escarnecedores. Pois trabalham incansavelmente na contramão do Assim Diz o Senhor – ou seja, da Palavra de Deus. Se darmos “audiência” aos tais nos tornaremos iguais ou piores e comprometeremos nosso bem mais precioso: nossa alma. E o mais grave? Como o ser humano é influenciador por natureza, seríamos potenciais “evangelistas e obreiros do inferno” pregando dúvida em muitos corações.

Se somos da Luz refletiremos Luz e semearemos a fé.
Se somos das trevas refletiremos trevas e semearemos dúvida.

Nada poderá mudar o que está escrito nas Santas Escrituras sobre a volta do Senhor Jesus, inclusive a respeito da forma repentina, imprevisível:

“Mas o dia do Senhor virá como ladrão de noite [...]”. II Pedro 3:10

Em quem você vai acreditar? E como você está se preparando?


Continua no próximo post...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...