quinta-feira, 7 de janeiro de 2016

Caí em tentação. E agora?

“Filhinhos meus, estas coisas vos escrevo para que não pequeis. Se, todavia, alguém pecar, temos Advogado junto ao Pai, Jesus Cristo, o Justo.” 1 João 2.1

Cair em tentação não significa necessariamente perder o Espírito Santo. Manter-se no pecado resistindo à Voz dEle, isso sim, pode ser fatal. Quem mesmo batizado com o Espírito Santo, nunca teve deslizes na vida? Ninguém, salvo o Senhor Jesus.

Se cair em tentação, confesse o pecado e abandone-o imediatamente. Todos somos passíveis de erros, mesmo selados com o Espírito Santo. Afinal de contas, somos casas de barro. Porém, todos os selados têm a direção do Espírito alertando quanto à permanência no pecado. Caso não haja o arrependimento imediato, isso significa seguir “apagando o Espírito”.

Os não batizados com o Espírito Santo não têm o discernimento espiritual. Por conta disso, são mais vulneráveis aos ataques do mal. Daí a razão de se investir forte no recebimento do Espírito Santo para manter-se são e salvo.

Não se mantenha na prática do erro. Você tem um Advogado, que defenderá sua causa se você abandonar o pecado.

(*) Fonte: livro “O Pão Nosso para 365 dias”, do bispo Edir Macedo.
Texto originalmente publicado pelo portal Universal.org.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...